Subscribe Us

Header Ads

Bon Jovi se apresenta pela primeira vez em Porto Alegre

Na sua sexta passagem pelo Brasil, o norte-americano Bon Jovi se apresentará pela primeira vez em Porto Alegre. A primeira vez que eles estiveram por aqui foi em 1990 no extinto festival Hollywood Rock. A última foi em 2013, já sem o guitarrista Richie Sambora e com desfalque do batera Tico Torres, que se recuperava de uma cirurgia na época. Como naquele ano, Bon Jovi volta ao Brasil para se apresentar no Rock in Rio, mas a novidade desta vinda é a passagem da banda em solo gaúcho pela primeira vez.


O grupo se apresenta dia 19 de setembro no Beira Rio e os ingressos estão esgotados. Em turnê do elogiado álbum This House Is Not for Sale, lançado no final do ano passado, a banda mistura hits de várias fases da carreira de mais de 30 anos e 130 milhões de álbuns vendidos. Será, com certeza, um show imperdível.

O relato pessoal da jornalista Marianne Scholze, demonstra um pouco da importância e da ansiedade por esta apresentação:


"Aos 14 anos, inventei meu próprio YouTube. Ou a melhor versão possível disso em janeiro de 1990: conectar o videocassete à TV e gravar a transmissão do festival Hollywood Rock em uma fita de 120 minutos de duração me garantiu um verão inteiro assistindo ao primeiro show do Bon Jovi no Brasil – juro que até tentei convencer meus pais de que tinha totais condições de pegar um ônibus sozinha para o Rio, assistir ao show na Apoteose e voltar. Não colou, mas a VHS em looping naquele verão selou minha condição de fã e o quão imensamente superior a banda era ao vivo do que em discos. Naquela época, grandes shows em Porto Alegre não eram uma realidade, e ver Bon Jovi aqui era tão provável como receber um "sim" da mãe para ir ao festival.

Dois anos depois parti para um intercâmbio nos Estados Unidos atrás de experiência cultural e educacional, claro – mas também musical. Em março de 1993, cinco meses após o lançamento de Keep the Faith, aquela fita de vídeo se materializou na minha frente pela primeira vez quando o Bon Jovi tocou na cidade em que eu estava morando, em Ohio. Enquanto cada martelada de Tico Torres na bateria ribombava no meu peito e os teclados de David Bryan marcavam a batida dos meus pés, a combinação perfeita da guitarra blueseira de Richie Sambora e o domínio total de palco de Jon Bon Jovi – um dos melhores frontman que o rock já produziu – me garantiam que eu tinha razão: não dá para conhecer o real Bon Jovi sem ir a um show do Bon Jovi. Vicia – e fui atrás de mais uma dose sempre que pude. Convicta de que não seria nessa vida que os veria em Porto Alegre, incluí shows em férias nos EUA em 2001, 2007, 2010 e 2013, fui vê-los em Buenos Aires em 2010, em São Paulo em 2013, e já estava com o ingresso para o Rock in Rio deste ano comprado quando soube do show aqui. Ecoou a bateria do Tico no meu peito, como se fosse a primeira vez que os veria. Porque vai ser, né – a primeira aqui. Não vai ter Richie, mas vai ter Jon – em casa, ao vivo. E sem ser numa fita VHS."

Postar um comentário

0 Comentários