Subscribe Us

Header Ads

The Voice of the Wretched - My Dying Bride



Lançamento: 21 de Maio de 2002
Gravação: 4 de Março de 2001 em Tilburgo, Holanda
Gênero(s): Doom metal
Duração: 74:57
Gravadora: Peaceville Records


Falar sobre um registro ao vivo de uma banda que tem como vocalista um dos mais performáticos frontman que o Doom Metal já viu, é um desafio e tanto. The Voice of the Wretched é o primeiro álbum ao vivo dos ingleses do My Dying Bride, lançado 10 anos depois do debut As the Flower Withers e foi gravado em uma pequena cidade de 200 mil habitantes, ao sul da Holanda. Sortudos aqueles que estavam presentes e conferiram Mr. Aaron Stainthorpe e cia. abrirem a noite com nada menos que a visceral She is The Dark, do The Light at the End of the World, de 1999.
Nos primeiros acordes da clássica The Cry of Mankind é possível sentir a vibração do público e se imaginar naquele momento. De poucas palavras, Aaron anuncia a nova música da época, A Cruel Taste of Winter, do The Dreadful Hours, que viria a ser lançado em novembro daquele ano. Outro momento muito aplaudido registrado no ábum é quando eles tocam A Kiss To Remember, faixa do excelente Like Gods of the Sun, de 1996. A surpresa da noite fica por conta de Symphonaire Infernus Et Spera Empyrium, single lançado em 1991, que encerra o setlist. Tinha-se finalmente um álbum ao vivo da banda, após o DVD For Darkest Eyes, lançado em 1997. Fazia falta o violino, que só retornaria à banda em 2008, mas é com certeza um álbum para se escutar muitas e muitas vezes e sempre se arrepiar com a excelente interpretação da banda.
Tracklist:
  1. "She Is the Dark" – 8:40
  2. "Turn Loose the Swans" – 10:02
  3. "The Cry of Mankind" – 6:33
  4. "The Snow in My Hand" – 6:33
  5. "A Cruel Taste of Winter" – 6:52
  6. "Under Your Wings and into Your Arms" – 5:28
  7. "A Kiss to Remember" – 6:55
  8. "Your River" – 9:06
  9. "The Fever Sea" – 4:13
  10. "Symphonaire Infernus et Spera Empyrium" – 10:35

Postar um comentário

0 Comentários